O rock, que veio do blues nos anos 40 e começou a tomar mais forma nos anos 50, passou por diversas gerações. Podemos dizer que até os anos 70, as características das bandas eram bem parecidas, já que não existiam tantas vertentes como hoje. Portanto, vamos hipoteticamente classificar estas bandas como a primeira geração do rock.

O tempo foi passando e muitas bandas e/ou artistas da primeira geração se foram.  Já perdemos lendas como Elvis Presley, Freddie Mercury (não consigo aceitar o Queen de hoje que chegou a divulgar que faria uma turnê com a Lady Gaga cantando), Jim Morrison (The Doors), Janis Joplin, Beatles, Ramones, entre muitas outras.

wallpaperrock-bestradiobrasil

Porém, os amantes de rock podem se considerar sortudos. Por enquanto. Ainda temos na ativa, bandas como Rolling Stones, Kiss, AC / DC, Aerosmith, ZZ Top, Lynyrd Skynyrd, David Bowie, Black Sabbath (aleluia, eles voltaram), e também artistas que se desvincularam de suas bandas, mas continuam lotando shows até hoje, como Paul McCartney (Beatles), Roger Waters (Pinky Floyd), Robert Plant (Led Zeppelin), Joan Jett, entre outros.

Como a idade chega para todos, a preocupação também chega. Muitos dos artistas citados acima já estão na casa dos 70 anos e, um dia, não estarão mais entre nós. E neste dia, vamos poder dizer com muita tristeza, que não há mais artistas vivos das primeiras gerações do rock.

Já pararam pra pensar que daqui a 20 anos teremos grandes chances de não ter mais muitas das bandas citadas acima?

MOTH_keef_crop

Mesmo daqui a 20 anos, com uma provável extinção da primeira geração, ainda não há motivo para (tanto) desespero.

Ainda teremos muitas coisas boas que nasceram nos anos 80 e 90, para mim, a última geração boa da música. E de novo, hipoteticamente, podemos classificar estas bandas como segunda geração do rock. Nestas duas décadas, temos bandas como Faith No More, Red Hot Chili Peppers (das antigas, lógico), Depeche Mode, Mudhoney, New Order, Pearl Jam, Stone Temple Pilots, Infectious Grooves, Rage Against The Machine, Smashing Pumpkins, L7, The Offspring, Nine Inch Nails, Primus, Sublime (mesmo com o vocalista novo), e muitas outras excelentes bandas que estão na ativa até hoje ou que anunciaram retorno, como Alice in Chains e Soundgarden.

Agora, uma coisa que muito me preocupa: quem serão os futuros dinossauros do rock quando a segunda geração acabar?

Dizem que o finado Nirvana foi a última grande banda de rock, em termos revolucionários. E é um fato. Não houve nenhuma banda pós Nirvana que causou tanto impacto quanto eles. Do final dos anos 90 até hoje surgiram muitas bandas de diversas vertentes. E podemos classificar (hipoteticamente) estas bandas como a terceira geração do rock. Quais são estas bandas?

homer2_rock1

São muitas e de diversos gêneros. Temos as bandas que transformaram o punk rock / hardcore em musicas mais pops e felizes como Simple Plan, Good Charlote, Paramore, Yellowcard, My Chemical Romance. Temos também bandas de new metal como Korn, Linkin Park, Limp Biskit, Papa Roach. Temos bandas que vieram do grunge, como o Foo Fighters e o Queens of the Stone Age (que pra mim é uma das melhores bandas de todos os tempos). Bandas que surgiram de projetos (geralmente com artistas da primeira e segunda geração) como Audioslave, Probot e Velvet Revolver. E também temos o gênero que mais fez sucesso nos últimos anos, que são as bandas indies alternativas, que começou mais forte com o The Strokes no inicio dos anos 2000 e, posteriormente, surgiram bandas que são sucessos no mundo hipster indie alternativo que são presenças garantidas em festivais como Lollapalooza e Planeta Terra, como The Hives, Coldplay, The Killers, Kings of Leon, Phoenix, The Black Keys, Kaiser Chiefs, The Cooks, Peter Bjorn and John, Franz Ferdinand e muitas outras bandas.

hipster-evolution-brendan-mccartan

Para as pessoas que gostam de rock há muitos e muitos anos, sabem que hoje o rock não é mais a mesma coisa de antes. Até já falei sobre isso no blog, no post Êxtase nos shows. Hoje, infelizmente o rock é mais voltado para status do que para sensações. Mesmo que muitas bandas da terceira geração sejam muito boas, não é a mesma coisa que das duas primeiras. A pegada musical não é a mesma, a agitação do público não é mais a mesma. E devido a estes fatos, volto a pergunta que fiz acima.

Quem serão os dinossauros do rock quando a segunda geração acabar? Alguém consegue imaginar Simple Plan como os vovôs do rock? Ou o Linkin Park? Ou o Black Keys?

Listando todas estas bandas, consigo imaginar poucas que conseguiriam carregar esta responsa nas costas. Selecionei algumas (poucas) que, na minha opinião, podem ser daqui a muitos anos, os vovôs do rock. Confira abaixo e não deixe de acompanhar o Artescétera nas redes sociais  FacebookTwitterInstagram e assine o nosso canal no Youtube clicando aqui.

Foo Fighters

198548

Mesmo não sendo fã incondicional de Foo Fighters, eles têm uma certa moral para encarar o fardo de dinossauros do rock daqui uns 30 e poucos anos, já que o Dave Ghrol participou (e muito bem) da segunda geração do rock e também tem talento nato para agitar os shows.

Queens of the Stone Age

af29e631-9263-41ab-b35b-eb1d0bc3fe03

Não sou muito parâmetro para falar já que sou fã dos caras. Mas falando com a razão, o QOTSA é uma das poucas bandas da terceira geração que conseguiu mesclar um som agressivo e original, relembrando os anos 80 e 90, não só pela musicalidade, mas sim pela energia.

Korn

korn

Alguns não vão concordar comigo, nem eu mesmo concordo ás vezes (rs). Mesmo não sendo um gênero unanimidade entre muitos rockeiros, o Korn é e foi muito importante para o cenário new metal, e na boa, os primeiros discos são excelentes, com músicas pesadas e os caras conseguem pular da primeira a última música do show. Com certeza serão referência daqui a alguns anos.

The Hives

the-hives-5

Nunca assisti a um show deles ao vivo, mas já ouvi alguns discos e posso dizer que é uma banda muito boa. Muitas músicas tem claras influências do The Stooges. E isso nos dias de hoje, é excelente. Não sei se o Stooges é uma influência para o The Hives, mas ouvindo o disco, você percebe muita sintonia com o punk rock dos anos 70 e 80. E assistindo alguns shows online, você sente a energia contagiante no palco.

Analisando muitas bandas, podemos concluir que poucas delas terão moral para carregar o fardo de Dinossauros do Rock e também que temos que ter muito medo de qual será a quarta geração do rock.

E você? Que banda escolheria para ser Dinossauro do Rock?