A banda Scalene fará o show de abertura em Porto Alegre, no Beira Rio, no dia 8. Para as outras apresentações  do Guns n’Roses no Brasil – São Paulo, no Allianz Parque, nos dias 11 e 12, no Rio de Janeiro, no Engenhão, no dia 15, em Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski, no dia 17 e em Brasília, no Estádio Nacional, no dia 20 – a banda escolhida para abertura é a Plebe Rude.

Formada por Gustavo Bertoni (guitarra e voz), Tomás Bertoni (guitarra e teclados), Lucas Furtado (baixo) e Philipe ‘Makako’ (bateria e voz), a banda Scalene surgiu em 2009, em Brasília, e ganhou projeção nacional depois de sua participação no programa Superstar da TV Globo. Lançado em julho, o DVD Ao Vivo em Brasília reúne sucessos dos discos Real/Surreal (2013) e ÉTER (2015), além de canções inéditas.

A Plebe Rude surgiu em 1981, em Brasília, em meio a efervescência roqueira da capital federal. A banda lançou quatro álbuns – O Concreto Já Rachou (1985), Nunca Fomos Tão Brasileiros (1988), Plebe Rude (1990) e Mais Raiva do que Medo (1993) – e em meados da década de 90 decidiu dar uma pausa na carreira.

Em 2000 retomou às atividades, com o álbum ao vivo Enquanto a Trégua Não Vem. Em 2006, lançaram o álbum “R ao Contrário”. Atualmente, a banda é formada por Philippe Seabra (guitarra e voz) e André X, fundadores da Plebe (baixo), Clemente (Inocentes) (guitarra e voz), e o brasiliense Marcelo Capucci (bateria), e viaja o país com a turnê comemorativa de 30 anos do álbum de estréia, O Concreto Já Rachou, considerado pela revista Rolling Stone um dos 100 melhores discos da música brasileira. O último trabalho da banda, Nação Daltônica (2014) também faz parte do repertório dos shows.