É inegável o fato que o original é sempre melhor. Bom, vamos dizer que na maioria dos casos. Filmes, por exemplo. Hoje é comum fazer remakes de filmes antigos (ou nem tão antigos assim) devido à utilização de novas tecnologias, mostrar a história de outro jeito, ganhar diheiro, etc. Mas lógico que, dificilmente o remake supera o original; na verdade em raríssimos casos.

Com banda a história é bem parecida. Mas como é parecida? Banda tem remake?

Na verdade não, mas é muito comum em qualquer banda que se preze, ocorrer mudanças dos integrantes. Logicamente o impacto é maior quando muda o vocalista, já que ele é praticamente o cartão de visitas do grupo, ele que toma a frente.

Conforme dito no início do texto, nem sempre a casa cai com mudanças. O primeiro vocalista do Iron Maiden foi o Paul Di’anno, que durou apenas os dois primeiros discos até entrar Bruce Dickinson, que é considerado por muitos um dos melhores vocalistas do mundo. E foi com ele que o Iron conquistou sucesso mundial. Outro exemplo é o AC/DC, que viu seu vocalista (o mestre) Bon Scott perder a vida para as drogas e bebidas. Coube a Brian Johnson tomar posse dos microfones e segurar as pontas até hoje de uma das maiores bandas de rock do planeta. No caso do AC/DC, não é nem que um é melhor que o outro, mas sim, que o sucessor substituiu a altura, tanto que o primeiro álbum lançado com Brian Johnson nos vocais, é um dos mais vendidos da história, o clássico Back in Black.

Mas agora vamos falar da maioria, das bandas que hoje contam com seus integrantes vivos e, mesmo sendo muito boas, os fãs pagariam caro pra ver a formação original / clássica. Digo clássica, pois nem sempre a original foi a mais marcante; como o Nirvana, que não contava com Dave Grohl na bateria na primeira formação, mas participou da consagrada formação da banda até o fim.

Agora você vai conferir quais são estas bandas que muitos fariam o impossível para assistir, que até hoje fazem coro para voltarem, que já foi oferecido (e ainda oferecem) quantias milionárias para apenas uma apresentação com a formação original e que, com certeza, seria épico. Confira a lista abaixo e não deixe de seguir o Artescétera nas redes sociais,   FacebookTwitter e Instagram.

Guns ‘n Roses

Paul Natkin Archive

Impossível não começar com o Guns, hoje, acusada de ser um cover deles mesmos. Com a formação clássica separada desde 1996, talvez nem hoje eles seriam o fenômeno que foram anos atrás, já que Axl Rose insiste em ser polêmico ao invés de manter a forma e o fôlego para cantar. Mesmo não sendo fã incondicional, seria épico um show com Axl, Slash, Duff, Matt e cia.

Raimundos

raimundos

Eu como fã, sou suspeito pra falar. Ainda mais com um belo disco lançado ano passado. Mas é impossível qualquer fã de rock não implorar para um show com a formação original do Raimundos, com Rodolfo, Fred, Digão e Canisso, mandando aquele hardcore porrada que conquistou o Brasil.

Titãs

titãs

Titãs ainda é uma banda muito boa e ainda lançam coisas bem interessantes. Mas não sai da minha cabeça que se Arnaldo Antunes, Nando Reis e Charles Gavin ainda estivessem na banda, com certeza sairia muito melhor. Isso sem contar se Marcelo Fromer estivesse entre nós.

Sepultura

sepultura-band-photo-max-and-igor

Se o Sepultura anunciasse um show com a formação original, com certeza eles lotariam um estádio, já que se trata de uma das maiores bandas de metal do mundo e que influenciou muita gente por ai. Nada contra o Derrick Green, pelo contrário, também substituiu muito bem, mas ainda não se compara ao Max Cavalera com a trupe Igor, Andreas e Paulo Junior.

Pink Floyd

pink floyd

Talvez a reunião mais esperada do mundo da música e que custaria muito caro para ver, mas que seria lotação garantida na certa em qualquer lugar do mundo. Pink Floyd é uma das bandas mais aclamadas da história e muitos ainda esperam uma reunião de Roger Waters, David Gilmour, Nick Mason e cia.

Oasis

Oasis-Band

Um diz que sim, o outro diz que não. Não da pra saber qual é a dos irmãos Liam e Noel Gallagher, já que um fala que toparia voltar com a banda e outro diz que não. Eu ainda acho que é apenas uma jogada de marketing e que daqui alguns anos, Oasis voltará a ativa, mas os irmãos continuarão se odiando eternamente. Com certeza foi falta de apanhar quando eram pequenos.

The Smiths

smiths

Nem todos sabem, mas o Smiths durou apenas 5 anos, lançaram apenas 4 álbuns de estúdio e até hoje o público pede a sua volta. Mas pelo jeito que os integrantes não se dão bem, o pessoal vai acabar ficando sem voz. Mas com certeza, uma reunião que seria épica.

Os Mutantes

mutantes

Quando anunciaram sua volta em 2006, o Brasil inteiro comemorou o retorno do Mutantes. E eles retornaram muito bem com Zélia Duncan nos vocais. Mesmo sendo extremamente talentosa, Zélia ainda não consegue chegar aos pés da rainha Rita Lee. Diz a lenda que tentaram chama-la de volta, mas ela recusou. Uma pena.

Dead Kennedys

The Dead Kennedys in a Bathroom

Partindo para o lado mais undeground, é impossível não lembrar dos mestres do punk rock, Dead Kennedys e o lendário vocalista Jello Biafra. É bem improvável uma reunião da banda, já que a briga entre o vocalista e os outros integrantes foi até para o tribunal. Mas quem sabe um dia?

Misfits

misfits

E finalizando a lista com chave de ouro, uma das melhores bandas de todos os tempos e que ainda está na ativa, o Misfits. Hoje resta apenas o baixista Jerry Only, que também assumiu os vocais. Mas com certeza se um show com o clássico vocalista Glenn Danzig fosse anunciado, os ingressos se esgotariam rapidamente. Não é a toa que o Misfits influenciou nomes como Metallica e Guns’n Roses.

E então, o que acharam da lista? Se lembrar de mais alguma banda que você gostaria e pagaria caro pra ver com a formação original, deixe seu comentário aqui.