E continuando com o nosso tour por Portugal, hoje vamos falar de Valença do Minho, pequena cidade também localizada ao norte do país que possui aproximadamente 15 mil habitantes. Ao olhar para o lado durante o caminho é possível avistar a pequena cidade espanhola de Tui, separada apenas pelo rio Minho. Valença é famosa por ser a porta de saída de Portugal para quem faz o caminho de Santiago de Compostela.

IMG_9575

Como a visita em Valença foi apenas um bate-volta, não conseguimos conhecer a cidade inteira, porém, fomos na atração mais famosa e que ocupou toda a nossa passagem por lá. A Fortaleza é hoje, a grosso modo, um bairro construído dentro de uma antiga fortaleza militar que já foi palco de muitas batalhas e até já pertenceu a Espanha. Virou um famoso ponto turístico visitado geralmente por muitos viajantes de toda Europa, principalmente Espanha.

Ao entrar na Fortaleza você percebe uma pequena vila europeia, ou seja, nada muito diferente da vista de quem já visitou pequenas cidades por lá. A diferença mesmo é quando você chega e se depara com a grande muralha de pedra e ao andar nos arredores dos muros, que parece mais um castelo medieval gigante. Sem contar com a bela vista da cidade rodeada por morros.

IMG_9476

Mas voltando ao interior,  andar pela Fortaleza é uma delícia. São diversas lojas de lembranças, artistas de rua, restaurantes e não pode faltar as características vielas típicas. Para almoçar não faltam opções, mas se você tiver o estômago acostumado a pratos diferentes, peça o Arroz de Cabidela – um arroz cozido com pedaços e sangue (sim, sangue) de frango. O sangue do animal é drenado no vinagre para tirar o sabor forte. Eu provei e posso afirmar que é bom, porém, é um pouco forte. De sobremesa, peça a Baba de Camelo, um típico doce português a base de leite condensado cozido.

x435

Arroz de Cabidela – Foto retirada da internet

E aos poucos vamos postando sobre o tour que fizemos em Portugal – já falamos sobre Viana do Castelo. Confira mais algumas fotos da Fortaleza de Valença de Minho e não deixe de seguir o Artescétera nas redes sociais  FacebookTwitter Instagram e assine o nosso canal no Youtube clicando aqui.