Local: Centro Cultural São Paulo

Endereço: R. Vergueiro, 1000 - Paraíso - São Paulo

Quando: 17/03/2017

Horário: 18h00

Entrada: R$20


Com texto de Alexandre Dal Farra, a peça Branco – O Cheiro do Lírio e do Formol estreia na MIT-SP – 4º Mostra Internacional de Teatro de São Paulo, em três sessões nos dias 17, 18 e 19 de março. A direção é de Alexandre Dal Farra e Janaina Leite, que está no elenco ao lado de André Capuano e Clayton Mariano. Após a MIT-SP, a peça entra em temporada no Centro Cultural São Paulo.

O espetáculo aborda tema polêmico, onde a tentativa de criticar o racismo naturalizado do branco a partir do seu próprio ponto de vista autodestrutivo e autocrítico dá ensejo à criação de uma narrativa fragmentária, estruturada em camadas complementares e contraditórias.

Branco_André Cherri_4b

Dal Farra explica que “não se trata de uma peça sobre racismo, mas sim, sobre o lugar de privilégio que o branco ocupa em uma sociedade racista como a brasileira”. Janaina Leite completa que a peça lança a questão “há um lugar em que o branco pode ocupar nesse caminho para a desconstrução do racismo estrutural? Como podemos ocupar um lugar autocrítico nessa estrutura que nos beneficia?

Branco_André Cherri_5b

Na MIT-SP 2017, o espetáculo integra o eixo curatorial que aborda o racismo e o protagonismo negro. A proposta da curadoria é a de abrir espaço para que sejam apresentados vários pontos de vista sobre a questão do racismo, na tentativa de que o debate ocorra de forma ampla e abrangente.