Local: Centro Cultural São Paulo

Endereço: Rua Vergueiro, 1000 - São Paulo

Quando: 04/08/2017

Horário: 21h00

Entrada: R$10

Classificação: 12 anos


A terceira edição da Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos chega ao fim com a estreia de A Mulher que Digitaespetáculo escrito por Carla Kinzo, com direção de Isabel Teixeira.

"A Mulher Que Digita"

Na montagem, as atrizes Andrea Tedesco e Sabrina Greve sobem ao palco para contar a história de duas mulheres, uma que tenta terminar um texto a curto prazo, e outra que é contratada para ajudá-la, digitando, sendo a primeira pessoa que ouve a narrativa sendo formulada. Aos poucos, a urgência dessa história é revelada, bem como o enfrentamento entre elas.

"A Mulher Que Digita" Com Sabrina Greve e Andrea Tedesco. Foto: Roberto Setton | Divulgação.

“A Mulher Que Digita”
Com Sabrina Greve e Andrea Tedesco.
Foto: Roberto Setton | Divulgação.

Para a autora Carla Kinzo, A Mulher que Digita é um texto que tenta falar sobre um mundo cada vez mais violento e opressor, dentro do qual as palavras parecem ter perdido a força de ação. “Cabe a essas duas mulheres escutar o que grita esse mundo do lado de fora, do qual parecem apartadas, e responder a isso – seja pelo verbo, seja pela ação”, conta ela.

A peça fica em cartaz até dia 27 de agosto. Não perca.