Já não é de hoje que Hollywood vive uma onda de falta de criatividade. E esta falta de criatividade, obviamente, interfere em todos os genêros de filmes, inclusive o terror. Nos últimos anos, a maioria dos filmes de terror que foram lançados não chegam nem perto de serem bons (lógico que há exceções).

Apenas para refrescar a memória, tivemos todos os Atividade Paranormal, continuações desnecessárias de Jogos Mortais (com exceção do primeiro, que é excelente), diversos filmes de espíritos totalmente previsíveis e horríveis como Reféns do Espírito (com a belíssima Famke Janssen) e Os Mensageiros (com Kristen Stweart) e diversos remakes de terror japonês. Teve até a lenda Steven Seagal atuando em um filme de vampiros no qual eu ainda não tive o prazer (ou desprazer) de assistir. Estes são apenas poucos dos muitos exemplos de filmes ruins de terror que foram lançados nos últimos anos.

Jigsaws-Doll-Saw-Movies

Porém, há quem idealize filmes de terror sem o intuito de apenas assustar ou enojar as pessoas, mas sim de entretê-las. Não há uma definição específica para estes (sub) genêros, pois mesmo sendo derivados do terror, as características são diferentes. Alguns chamam de Terrir, outros de Trash e outros simplesmente de terror com comédia (ou vice-versa).  E este mix não é nada novo. No inicio do século XX, já haviam registros de filmes que misturavam elementos de terror e comédia.

Alguns visionários souberam aproveitar esta formula e criaram filmes para toda a família. Nos anos 60, a série A Familia Addams foi exibida na televisão americana se tornando grande sucesso. O diretor Tim Burton é famoso até hoje pelos seus excêntricos filmes que ao mesmo tempo que são censura livre, mesclam elementos bizarros de terror.  Fora alguns clássicos da Sessão da Tarde que a garotada adorava como Elvira, A Rainha das Trevas (por que será?).

elvira-bloopers

Além destes “terror para família”, temos os filmes que foram citados acima; o trash (ou terrir); são aqueles que realmente pertencem ao genêro terror e não são para crianças assistirem. São os filmes que os realizadores gostam do absurdo e do exagerado, que fazem questão de fazer uma piada em meio a litros de sangue. E como não poderia deixar de faltar, o sexo faz parte da grande maioria destes filmes.

O problema é que muitos levam estes filmes a sério e eles acabam sendo detonados pela crítica, muitas vezes como terror de mal gosto. Nunca alguém faria um filme sobre tubarões que são levados por um tornado causando mortes em terra firme, ou de uma maldição que se apossa da mão de um vagabundo que assiste TV o dia inteiro, ou sobre nerds que matam vampiras lésbicas, para serem levados a sério. A intenção é entreter as pessoas, fazê-las pensar no inacreditável, no bizarro de uma maneira bem humorada.

Abaixo você confere uma seleção de alguns filmes de terror, mas que não devem ser levados a sério e que merecem ser assistidos quando houver oportunidade; tenho certeza de que não se arrependerão. Dê a sua opinião, sugira e lembre mais filmes e não deixe de acompanhar o Artescétera nas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram e assine o nosso canal no Youtube clicando aqui. Confira!

A Hora do Espanto

O clássico de 1985 surpreendeu a todos em seu lançamento contando a história do adolescente que desconfia que seu vizinho é um vampiro. Um dos motivos do grande sucesso é a mistura de elementos cômicos no filme.

800px-FrightNight-Amy

Uma Noite Alucinante II e III

Os dois últimos filmes da franquia dirigida por Sam Raimi (sim, o diretor da primeira trilogia do Homem-Aranha) é o exemplo de misturar elementos nojentos com situações engraçadas. Confira abaixo o engraçadíssimo final alternativo do último filme da franquia.

A Noiva de Chucky

O quarto filme do Brinquedo Assassino tem uma das cenas mais cômicas do cinema trash, quando o boneco Chucky está tendo relações sexuais com sua esposa (também boneca). O desfecho da cena é ainda mais engraçado que esta situação bizarra.

Piranha 3D

Quem viveu as áureas épocas de Cinema em Casa (SBT) com certeza vai se lembrar da primeira versão deste filme chamado Piranhas. E o que muita gente não sabe é que a continuação deste filme, chamado Piranhas II – Assassinas Voadoras, foi dirigido por ninguém menos que James Cameron.

piranha3d

A Mão Assassina

Este é o filme que todos os adolescentes adoram, pois retrata a vida de um rapaz que só pensa em assistir TV, fumar maconha e comer o dia inteiro, tanto que passa dias sem perceber que seus pais estão mortos em sua própria casa. Destaque para o Offspring tocando numa sequência.

OffspringIdleHands

O Ataque dos Tomates Assassinos

Bom, vamos as premissas: tomates mutantes que atacam pessoas, baixíssimo orçamento no final dos anos 70 e ainda é considerado um dos piores filmes já produzidos. Piores só se for para os críticos coxinhas de plantão.

Gremilins

Dentre todos os filmes citados, com certeza este é o mais popular de todos e o que fez mais sucesso. Afinal, quando se tem Joe Dante na direção e o mago Spielberg na produção, difícil sair coisa ruim. Destaque para as criaturinhas fumando, bebendo e brigando na cena do bar.

gremlins2_2

Criaturas

Este outro clássico trash conta a história de uma raça alienígena que veio do espaço e esta raça é composta por milhares de bolinhas de pelo assassinas que aterrorizam a todos que cruzam seu caminho.

critters

Zombie Strippers

Bom, o filme começa com um homem se tornando zumbi. Até ai tudo bem. O melhor vem depois quando esse zumbi vai parar num clube de striptease e começa a morder todas as stripers, tornando-as mortas-vivas. Ótima pedida para quem quer ver muitas mulheres nuas e dar risada

Matadores de Vampiras Lésbicas

Este filme é ruim. É realmente muito ruim, mas não tem como deixá-lo de for a da lista, já que a história é sobre três amigos nerds que viram matadores de vampiras lésbicas. A versão dublada conta com João Gordo, vocalista do Ratos de Porão.

Sharknado

Sharknado foi um dos maiores sucessos trashs dos últimos tempos e já ganhou duas continuações; pra deixar os filmes ainda melhor, você consegue ver alguns nomes famosos no elenco, como Tara Reid, Bo Derek, o S.O.S. Malibu David Hassellhoff, entre outros

Zumbilândia

Talvez um dos melhores filmes de zumbis do últimos anos, e não é brincadeira. A trama traz excelente situações cômicas envolvendo um grupo tentando sobreviver num mundo dominado por zumbis. De longe, a melhor sequência do filme é quando o grupo está na casa do ator Bill Murray, interpretando ele mesmo.

ZBLD-5-e1310947625729-662x272